sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Texto dos Finalistas

Vou publicar o texto que escrevi e que vos dediquei no dia da nossa Festa dos Diplomas/Festa dos Finalistas em sinal público de agradecimento..

"Hoje é um dia muito especial para mim, hoje tenho aqui vários finalistas, os da minha sala, os cinco anos e também alguns que já deixei há quatro anos atrás, mas com os quais mantive sempre uma relação tão próxima quanto possível, porque nunca serão esquecidos, como EXUPERY disse " aqueles que passam por nós não vão sós, nem nos deixam sós, levam um pouco de nós e deixam um pouco de si".

Na caminhada deste grupo várias foram as pessoas que contribuíram para o seu crescimento, desenvolvimento, às que comigo estiveram quero agradecer, a paciência, a colaboração, a vontade, o respeito, a partilha, o carinho... Neste último ano quero agradecer á Inês, sempre disponível, sempre querida, sempre amiga, á Fernanda, uma amiga, á Carla pela disponibilidade, ao Tiago que colaborou tanto nos pormenores...

Mas como um grupo não existe isolado, quero agradecer às colegas do JI, a todas as outras equipas que fazem parte desta Instituição, á Direcção, pois juntos fazemos uma grande equipa que faz com que tudo funcione.

Aos pais agradeço, a confiança que depositaram nesta Instituição, o carinho, a disponibilidade, a tolerância, a partilha, a participação, a amizade, o respeito.

Aos meus alunos..., aos meus alunos dedico um poema/texto que não é da minha autoria, mas que eu adaptei, porque diz tudo...

Sou educadora...

Quando digo que sou educadora, as pessoas em geral respondem com um ah... ínsipido, que às vezes só me apetece dizer-lhes...

Em que outra profissão do mundo poderia pôr laços no cabelo, fazer penteados inovadores e ver todos os dias um desfile de moda...
Onde me diriam todos os dias "tu és linda"...
Que outro trabalho me abraçariam só para me dizerem o quanto gostam de mim...
Onde seria eu tão importante que pudesse limpar o nariz da vedeta do espectáculo...
Em que outro lugar me esqueceria das minhas tristezas, ara atender um joelho esfolado ou um coração afligido...
Onde receberia mais flores...
Onde poderia iniciar na escrita uma mãozinha que quem sabe um dia poderá escrever um livro...
Em que outro lugar receberia tantos sorrisos, abracinhos, beijinhos...
Em que outro lugar me faziam retratos grátis...
Em que outro lugar as minhas palavras causariam tanta admiração...
Em que outro trabalho me receberiam de braços abertos após ter faltado um dia...
Onde poderia eu aprofundar os meus conhecimentos sobre bichos-de-seda, caracóis, borboletas, formigas...
Em que outro lugar eu derramaria lágrimas por ter de terminar um tempo de relações tão felizes...

Sinto-me grata por ter tido o privilégio de contribuir para o desenvolvimento destas crianças, por ter tido o privilégio de receber tudo o que já mencionei, por ter contribuído para as suas aprendizagens, por lhes ter transmitido valores em que acredito, a amizade, o respeito pelo outro, a tolerância, a partilha, a solidariedade, o amor, a humildade...

Que guardem em vocês tanto do que aqui fizemos e aprendemos como eu vos vou guardar para sempre no meu coração...
Muito obrigada!


Sem comentários:

Enviar um comentário