domingo, 23 de maio de 2010

Visita ao Museu da Criança

No dia 22 de Abril fomos ao Museu da Criança (em Sete-Rios) ver uma exposição sobre os cinco sentidos. Foram todas as salas do Jardim-de-Infância.






Descobrimos que o nosso cérebro comanda todo o nosso corpo, o nosso cérebro é mágico e muito poderoso.

























No sentido da VISÂO fizemos puzzles, mudamos de "visual" usando acessórios divertidos, passamos por um corredor com um espelho que nos "iludiu", fizemos vários jogos.

















O TACTO, que ricas experiências sensoriais tivemos....



Parede táctil, com diversas sensações....

Tapete táctil, fazia cócegas, era áspero, era duro, era mole...Foi o máximo!


Algumas das cadeiras divertidas que estavam lá para nos sentarmos e experimentar-mos diferentes sensações.















A AUDIÇÃO

O Jogo dos sinos consistia em ir uma criança de cada vez para dentro daquele espaço e depois adivinhar de que coluna vinha o som que ouvia, uma espécie de campainha.


Neste jogo ouviamos sons e tentavamos adivinhar qual era, de acordo com as imagens apresentadas. Devo dizer que se sairam muito bem.

Este senhor tinha um grande problema, não via, não ouvia, não cheirava, não apalpava, não provava, não tinha os cinco sentidos activos, mas com a nossa ajuda no fim da exposição já tinha os sentidos todos despertos.

O OLFACTO

As flores deste jardim tinham cheiros diversos, uns bons e agradáveis e outros nem por isso. Aqui estamos nós a testar os nossos olfactos.


Gosto ou Paladar

A língua gigante com as papilas gustativas diferenciadas, ficamos a saber onde se sente o doce, o salgado, o amargo.... Se não sabe, quando for visitar a Feira de Expressões vai lá encontrar uma língua gigante, que fizeram os nossos amigos da sala dos três anos e vai ficar a saber tudo.


Deram-nos provar e também cheirar "coisas" para adivinharmos e, saímos.nos muito bem nessa tarefa.


Quero contar-vos que fiquei muito orgulhosa dos meus meninos porque sabiam imensas coisas, ficou provado que aprendem aquilo que tento transmitir na sala. A senhora que nos guiou na exposição disse que fomos melhores que muitos do primeiro ciclo. Parabéns pra nós.












Sem comentários:

Enviar um comentário